Vish! Quelóide na tatuagem, e agora?

0
13108
Foto por Aleff Vinicius via Unsplash
Algumas cores de tinta, como a vermelha, apresentam mais riscos. Entenda.

Descubra o que é quelóide e cicatriz hipertrófica, porque isso rola e como se livrar delas.

O que é

A quelóide é uma cicatrização protuberante causada pelo excesso de colágeno, uma proteína que é produzida naturalmente pelo corpo e é responsável pela elasticidade da pele. Ela aparece normalmente após um ferimento ou lesão na pele, seja grave ou superficial, como uma tatuagem, e costuma ser permanente, embora hoje existam procedimentos estéticos para amenizar essas marcas.

Enquanto algumas pessoas apresentam formação de quelóide com uma simples acne, outras só após cirurgias e outras nunca passam por esse problema. Embora possa acontecer com qualquer um, a genética tem grande influência nessa reação, o que faz com que alguns grupos sejam mais propensos que outros, como mulheres, negros e asiáticos.

A boa notícia é que a quelóide não é maligna, não causa dor e não é contagiosa, portanto é basicamente um problema estético. E outra: muita gente confunde as marcas de quelóide com as cicatrizes hipertróficas, que embora sejam parecidas, são temporárias e muitas vezes regridem espontaneamente, ao contrário da quelóide.

Quelóide na tattoo

Nas tatuagens, uma quelóide ou cicatriz hipertrófica podem acontecer por um fator isolado, como a predisposição do cliente, ou por uma soma de fatores que vão desde a qualidade da tinta e higiene, até a falta de habilidade do tatuador na hora de executar a tattoo.

Exemplo de tatuagem com formação de queloide recente (por isso a vermelhidão).

Após o processo de tatuagem, é importante que o cliente faça a higiene do local corretamente, evitando o acúmulo de secreções. Imediatamente após a sessão, alguns profissionais recomendam envolver a tatuagem com papel filme para manter a área úmida, embora alguns tatuadores não tenham esse hábito e ainda seja um assunto bastante debatido. A questão é que o plástico mantém o local úmido, o que não deixa a sujeira endurecer e portanto facilita a limpeza, diminuindo as chances de uma cicatrização incorreta. Para manter a área hidratada, também pode-se aplicar óleo mineral ou óleo de amêndoas. Na maioria dos casos ainda sugere-se usar uma pomada cicatrizante nos primeiros dias.

Como evitar

Um cuidado que cabe ao tatuador é o de regular corretamente o equipamento, pois trabalhar com uma velocidade muito alta na máquina faz com que o nível de agressão na pele seja maior, dificultando a cicatrização. Recomenda-se não passar a agulha mais de três vezes seguidas no mesmo lugar. É melhor fazer um retoque posteriormente do que lesionar demais a pele do cliente e a tatuagem formar quelóide, o que dá mais trabalho de reverter (como falarei no último parágrafo).

Para fugir de quelóides alergênicas, ou seja, as causadas por alguma reação alérgica, basta fazer um teste de toque. Faça o teste especialmente se a sua tatuagem utilizar alguma tinta vermelha, pois elas têm mais tendência de causar alergias. Converse com o seu tatuador e peça que ele faça uma pequena aplicação na sua pele em algum lugar de pouca visibilidade e fique de olho: se o local apresentar vermelhidão ou inchaço, você provavelmente é alérgico a algum componente da tinta, o que aumenta as chances de uma cicatrização imperfeita. Nesse caso, teste outra tinta ou não utilize esta cor.

Também existem várias formas naturais de reduzir os riscos de quelóide. Antes e depois de fazer a tatuagem, evite a exposição prolongada ao sol, não fume e busque ingerir alimentos ricos em vitamina E, como tomates, pimentões, sementes e cereais. Recomenda-se que pessoas com predisposição a ter quelóides consultem um dermatologista antes de fazer uma tattoo, justamente para saber como evitar queloide na tatuagem e garantir que ela tenha um resultado visualmente agradável. Caso seja necessário, seu médico poderá prescrever o uso de cremes com corticóides ou uma sessão de betaterapia antes que você vá tatuar.

É possível reverter?

Se não deu tempo de ler sobre a prevenção e você já chegou nesse post porque sua tatuagem ficou em alto relevo, calma! Muito provavelmente o seu caso tem solução. Consulte um dermatologista para saber se o que se formou é uma quelóide ou uma cicatriz hipertrófica e escolha um dos diversos tratamentos disponíveis para amenizar as marcas, como pomadas, laserterapia, peeling, injeções de cortisona, criocirurgia, entre outros.

Fontes:

  1. www.minhavida.com.br/saude/temas/queloide
  2. blog.jonaspescatore.com.br/2017/01/23/por-que-pode-formar-queloide-na-tatuagem/
  3. www.dicasdemulher.com.br/pomada-para-queloide/
  4. medicoresponde.com.br/quem-tem-queloide-pode-fazer-tatuagem/
  5. blog.mboah.com/pele-tatuada/tatuagem-alto-relevo/
  6. www.artenocorpo.com/1267/como-evitar-queloide
  7. www.artenocorpo.com/1600/como-saber-se-tenho-alergia-a-tatuagem
  8. coloridex.blogspot.com.br/2014/02/eu-minha-tattoo-e-cicatriz-hipertrofica.html